A saúde física se conecta ao bem-estar psíquico

Profissional : Camila Ferro
  CRP : 06/106310

Contra a cultura da desvalorização dos Direitos Humanos

Vulcanismo é um conjunto de processos geológicos que acontecem do interior para a superfície da Terra, pelo derramamento de magma, gases e fumaça expelidos por um vulcão; deste modo, pode-se dizer que, vivemos dentro deste processo, que por meio de mobilizações internas, desperta vulcões adormecidos e os faz entrar em erupção.

Analogia simples para compreender a força interna de nossas mobilizações inconscientes quanto indivíduo, mas que transporto para, também, nosso entendimento quanto sociedade. Estamos vivendo momentos onde a tensão social é tão forte, que nosso vulcão despertou, está expelindo gases e fumaça, e parece não termos mais o que fazer, pois está prestes a explodir; e já podemos ver os traços de suas futuras devastações.

Devastações estas, que envolvem: corrupção ativa, corrupção passiva, presos soltos, soltos presos, filhos que matam pais, pais que matam filhos, pobres que tiram dos ricos, ricos que tiram dos pobres, homens que abusam de mulheres, mulheres que abusam de homens, idosos que maltratam crianças, crianças que andam armadas, policiais que matam inocentes, inocentes que se tornam culpados, culpados que se tornam vítimas, vítimas que sofrem estupro coletivo, o coletivo que não tem casa para morar, a casa que é invadida, o terreno que é delimitado pelo tráfico, o tráfico aliciando menores, menores matando por drogas, drogas contrabandeadas com a facilitação da polícia, polícia sem defesa, defesa sem recursos, recursos naturais desmoronando barrancos, barrancos destruindo barracos, pessoas sem teto, tetos sem escolas, escolas sem alunos, alunos sem médicos, médicos sem fronteira, hospitais explodindo, igrejas pecando, religiosos se matando…

Formou-se um círculo vicioso, complexo, que uniu o começo com o fim e sim, parece impossível cortar sua raiz, pequenos tremores são alertas, sinais de que as mobilizações internas não aguentam a pressão e de que a erupção pode ser pior do que os sintomas indicam. Não basta olharmos os problemas como únicos, enquanto não houver uma preocupação e visão do todo em todos, continuaremos desvalorizando nosso maior bem, a vida; a minha, a sua, a dele, a nossa.

 

*Imagem: vulcão da Ilha de Santorini – Grécia.

 

Curta e siga nossa página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *